Histórico:

- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 12/09/2010 a 18/09/2010
- 06/12/2009 a 12/12/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 18/10/2009 a 24/10/2009
- 04/10/2009 a 10/10/2009
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007



Outros sites:

- Areia
- André Gabriel
- Sa
- Anne Marie
- Alex
- Cris
- Clarinha
- Erika
- Iara Loba
- Marta
- Marinho
- Mutações
- Poetry
-
- Regina Bee
- Alexandre
- Marco
- Anne


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:



Olá, pessoas...


Fim de ano chegando e bate sempre em mim, uma nostálgia...

Lí um texto que uma ex-aluna postou no orkut e

trago para guardar neste meu cantinho especial...



Sinto falta de coisas que perdi...

Sinto falta das coisas que perdi.

Do lugar onde eu nasci, do colégio em que estudei,

amigos vão sem se despedir.

Sinta falta dos bons momentos que não poderei reviver.

Sinto saudade do tempo que passou e que não voltará mais.

Das pessoas que o tempo me levou,

das amizades que foram desfeitas,

das risadas que foram dadas.

Sinto falta dos sonhos sonhados que hoje

em dia se tornaram desilusões.

Sinto falta inclusive de quem eu era, contraditório ou não,

é como se hoje em dia eu não fosse a mesma pessoa daquele tempo.

Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.

Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,quando escuto uma voz,

quando me lembro do passado,eu sinto saudades.

Sinto saudades de coisas que tive e

de outras que não tive mas quis muito ter!

Sinto saudades do presente,que não aproveitei de todo,

lembrando do passado e apostando no futuro.

De repente a gente vê que perdeu ou está,

perdendo alguma coisa.

Morna e ingênua que vai ficando no caminho.

Celso H.


Bem, apesar da tristeza deixada pela saudade,

é bem melhor sentir saudade, do que não sentir nada...

Saudade é o resultado de boas lembranças...

Ótimo dia à todos.

Super beijo,

Sheila

 



- Postado por: sheila às 16h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Olá, pessoas..rs

Bem, quase não tenho vindo aqui, não por falta de vontade,

mas por pura falta de tempo...

Porém, percebi pelo marcador de visitas, que o

blog ainda é visitado.

Não sei quem ainda lembra daqui,

mas fique super feliz ao constatar,

que este espaço, ainda é lembrado por alguém,

seja porque sente falta dos poemas postados aqui,

ou por alguém que sinta curiosidade de como estou...rs

 

Por este motivo, hoje passei para apresentar oficialmente

minha Sarah..rs

 

Aí esta ela....linda, sorridente e saudável...rs

 

Um beijo grande para todos que ainda passeiam por aqui.

Sheila

 



- Postado por: sheila às 11h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oi gente...Quanto tempo, hein?rs

Bem, para as poucas pessoas que ainda vem aqui,

 aqui vão algumas novidades..rs

Estou grávida!rs (6 meses)

Uma gravidez completamente inesperada, que abalou

minha vida, mas que hoje me traz muita alegria...

É uma menina, e sabe como vai se chamar?

Sarah...para que eu possa chamá-la de Sa* ..rs

Infelizmente ou felizmente, minha vida mudou tanto

que não tenho mais condições de

manter o blog atualizado, mais meu amor por isso aqui

 é tão grande, que não tenho coragem

de deletar de vez..rs

Um pensamento para lembrar os velhos tempos

 (curtinho, porque sei que tem

gente que tem preguiça de ler...rs)

 

O que as grandes e puras afeições têm de bom é que

 depois da felicidade de as ter sentido,

 resta ainda a felicidade de recordá-las.

(Alexandre Dumas)

Pois é, recordações boas são como tesouros valiosos...

aquecem a alma...

ainda bem que tenho muitas recordações boas..rs

Beijão em todos

Sheila



- Postado por: sheila às 20h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Bom dia a todos!

Saudadeeee do meu blog!?

Olha eu aqui de novo..rs

Bem, todos sabem que fim de ano para mim, não é brincadeira,

(muitoooooo trabalho mesmo),

tenho tentado postar, mais nunca consigo concluir

(sempre chega alguém e me atrapalha..rs)

então, tô aproveitando um raro momento de solidão.rs

O natal vem aí...

Nossa, as coisas ficam diferentes neste período...

As pessoas ficam mais gentis, mais sorridentes,

mais abertas e leves...

É muito interessante observar como o fechamento de um ciclo,

trás uma sensação de alívio, muitas vezes despercebido.

Fico pensando,  porque nós, seres humanos racionais,

não somos capazes de perpetuar  este sentimento

de fraternidade que nos ronda neste período.

Chega janeiro, passa a ressaca do ano novo e

tudo volta ao "normal".

A individualidade assume o controle de nossas vidas novamente,

e seguimos sem perceber que o que realmente começou,

foi um novo ciclo.


Que bom seria se todo dia fosse Natal...

Affe, já "falei" demais..rs

 

Um belo poema para vocês.


Cortar o tempo

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se

deu o nome de ano,  foi um indivíduo genial.

Industrializou  a esperança, fazendo-a funcionar no limite

da exustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e

entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação, e tudo começa outra vez,

com outro número e outra vontade de acreditar que daqui

pra diante vai ser diferente.

(Carlos Drummond de Andrade)

 

É bem assim, não é?rs


Deixo flores  para vocês .

Quando eu era criança, estas eram minhas flores preferidas...


Um super beijo em todos, até a próxima.

Sheila

 



- Postado por: sheila às 11h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noite...

Como vão vocês?

Hoje, deixo um texto meu para reflexão...



 

Podar...

No caminho para o trabalho hoje, ví dois jardineiros podando umas árvores

na calçada de uma casa, e discutindo se elas estariam iguais ou não,

já que para ficar bonitas, precisariam estar iguais...no padrão..

Não pude parar de pensar que com a nossa vida geralmente

também acontece isso vez ou outra. Quantas vezes  nos moldamos

a conceitos pré-estabelecidos para se adequar a uma ou outra situação?

Somos como árvores, crescemos de forma desordenada mais com uma

beleza ímpar se nos deixarem livres para sermos o que quisermos.

Mais nunca é assim, somos podados desde muito cedo. Seja na escola,

em casa, quando namoramos, casamos, no meio de amigos,  etc..

Vamos nos adequando aos padrões, o que não é necessáriamente

uma coisa ruim, só passa a ser ruim, quando deixamos que a poda

aconteça com tanta frequência  que acabamos perdemos nossa

personalidade, e passamos a ser apenas mais uma árvore

no meio de tantas outras iguais...

(Sheila Guedes)


Um poema lindo demais.....



 

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas

Que já têm a forma do nosso corpo

E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos

mesmos lugares ...

É o tempo da travessia ...

E se não ousarmos fazê-la

Teremos ficado   para sempre

à margem de nós mesmos..."

(Fernando Pessoa)

 

E uma rosa do meu jardim para vocês...

 

Beijo em todos

Sheila



- Postado por: sheila às 22h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa  noite, gente!

Dei uma sumida básica, né?rsBobo

Muito trabalho... mais sempre que puder, estarei por aki, deixando coisas

interessantes para compartilhar com todos vocês.

Estava lendo o Blog da Martha Medeiros, e lí um post em que ela comentava a

infantilidade presente na nova novela de Manoel Carlos, Viver a Vida.

Achei muito interessante a colocação coerente que ela faz.

Ela comenta, que hoje, é cada vez mais comum, as pessoas maduras

que para parecerem  moderninhas, apelam.

Não tem como duvidar disso.

O medo de envelhecer, faz algumas pessoas perderem completamente

a noção das coisas, e ao mesmo tempo, os jovens tem uma ânsia de vida,

que atropelam o curso natural das coisas, acabam se achando independentes

cedo demais...


Bem, chega de papo, segue abaixo, o trecho do post do Blog da

Martha Medeiros, caso queiram conferir na íntrega, aí vai o endereço:

http://www.clicrbs.com.br



(...)

Pra entender um pouco essa infantilização, resgatei da memória o ótimo

filme Little Children, com Kate Winslet, que mostra o quanto somos todos

crianças grandes, apavoradas com as escolhas que precisamos fazer na vida.

Evoluimos até mais ou menos os 16 anos, e depois somos convocados

a desempenhar o papel de adultos, e a maioria de nós se sai tão

bem que a gente até acredita que exista mesmo algo chamado maturidade.

Até pouco tempo, parecíamos mesmo mais adultos.

Pais e filhos não se vestiam de forma parecida, as conversas de gente grande

não giravam em torno de fofocas, as relações amorosas não eram vividas

com leviandade, não se buscava a juventude a qualquer custo, não havia

tantos brinquedinhos tecnológicos, tantas perguntas sem resposta,

tudo era mais sério e os papéis mais bem definidos:

crianças e adolescentes tinham o direito a aventuras e vacilos,

e aos adultos cabia colocar ordem no galinheiro.

Hoje tenho a impressão que estamos todos com a mesma idade,

o mesmo espírito juvenil, a mesma ansiedade e a mesma irresponsabilidade,

como se tivéssemos descoberto a pólvora: só os imaturos sabem viver a vida!

Ser adulto virou sinônimo de chato(...)

(Matha Medeiros)


Uma foto que tirei, deixo prá todos vocês...


E um poeminha que adoro...rs

Da felicidade

"Quantas vezes a gente, em busca de aventura,

Procede tal e qual o avozinho infeliz:

Em vão, por toda parte, os óculos procura,

Tendo-os na ponta do nariz!"

(Mário Quintana)


Beijão em todos

Sheila



- Postado por: sheila às 18h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noite....

Um texto meu, prá vocês...


 

Prisão sem muros

Outro dia, estava sentada com meu filho assisindo um desenho animado,

quando a historinha me chamou a atenção, título: Prisão sem muros.

No desenho, um principe tinha sido  transformado por uma feiticeira em

um monstro, e não podia mais falar.

Sem poder se comunicar, e com uma

aparência horrivel, ele estava preso dentro dele mesmo.

Há dias esta ideia esta rondando minha cabeça.

Prisão sem muros.

E tem dias, que consigo sentir com plenitude esta sensação.

Estar presa dentro de mim mesma, sem poder externar

verdadeiramente o que sinto.

Prisioneira do "politicamente correto",

das convenções, das cobranças externas

me sinto aprisionada dentro de mim...

 

O juiz da minha sentença?

Eu mesma.

 

A pena?

Prisão perpétua.

 

Beneficios alcançados?

Liberdade condicional para dormir em casa e retornar para a

prisão ao amanhecer.

 

Solução para quebrar o feitiço?

Uma boa dose de amor próprio.

(Sheila Guedes)

 

Um poema de Quintana...perfeito...

 

Borboletas

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa,

o risco de se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas,

assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar…

nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém,

temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos,

porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam… não por serem metades,

mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa,

você precisa em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama)

e que não quer nada com você, definitivamente,

não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você,

e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e

sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando,

mas quem estava procurando por você!

(Mário Quintana)

 

Beijo em todos

Sheila

 

 

 



- Postado por: sheila às 21h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noite...

Hoje estava lendo novamente um livro de crônicas que gosto

muito da Martha Medeiros, o livro chama-se Doidas & Santas.

Bem,  resolvi postar partes de uma crônica que realmente me

chamou a atenção.

Nós temos tantos desejos, não é?

Desejamos tantas coisas diferentes, que muitas vezes

perdemos o foco...

Esta crônica fala disso: dos desejos intimos, secretos até

para nós mesmo, já que não paramos nem por um segundo

para verbalizar tais desejos...

 É isso, mais um texto que fala muito...muito mesmo...

Espero que vocês curtam...

O que mais você quer?

 

Era uma festa familiar, dessas que reúnem tios primos, avós e alguns

agregados ocasionais que ninguém conhece direito.

Jogada no sofá, uma garota não estava lá muito sociável, a cara era

de enterro. Quieta, olhava para a parede como se ali fosse encontrar

a resposta para a pergunta que certamente martelava em sua cabeça:

o que estou fazendo aqui?

De soslaio, flagrei a mãe dela observando a cena,

inconsolável ao mesmo tempo em que comentava com uma tia:

"olha pra essa menina, sempre com essa cara. Nunca está feliz.

Tem emprego, marido, filho.

O que ela pode querer mais?"

Nada é tão comum quanto resumirmos a vida de outra

pessoa e achar que ela não pode querer mais. (...)

(...) Imaginei a garota acusando o golpe e confessando: sim, quero mais.

Quero não ter condescendência com  tédio, não ser forçada a aceitá-lo na

minha rotina como um inquilino inevitável. A cada manhã, exijo ao menos

a expectativa de uma surpresa, quer ela aconteça ou não.

Expectativa por si só, já é um entusiamo.

Quero que o fato de ter uma vida prática e sensata não me roube o direito

ao desatino.

Que eu nunca aceite a idéia de qe a maturidade exige um certo conformismo.

Que eu não tenha medo nem vergonha de ainda desejar.

(...) Quero ventilação, não morrer um pouquinho a cada dia sufocada em

obrigações e em exigências de ser a melhor mãe do mundo, a melhor esposa

do mundo, a melhor qualquer coisa.

Gostaria de me reconciliar com meus defeitos

e fraquezas, arejar minha biografia, deixar que vazem algumas

idéias minhas que não são muito abençoáveis.

Queria não me sentir tão responsável sobre o que acontece ao meu redor.

COmpreender e aceitar que não tenho controle nenhum sobre as emoções

dos outros, sobre suas escolhas, sobre as coisas que dão errado e também

sobre as que dão certo. Me permitir ser um pouco insignificante.

E, na minha insignificância, poder acordar um dia mais tarde sem dar

explicação, conversar com estranhos, me divertir fazendo coisas que

nunca imaginei, deixar de ser tão misteriosa pra mim mesma, me

conectar com as minhas outras possibildades de existir.

O que eu quero mais?

Me escutar e obedecer meu lado mais transgressor, menos comportadinho

menos réfem de reuniões familiares, marido, filhos, bolos de

aniversário e despertadores na segunda-feira de manhã.

E também quero mais tempo livre.

E mais abraços.

Pois é, ninguém está satisfeito. Ainda bem.

                                                                             

                                                                                                               Martha Medeiros (Livros Doidas e Santas)


                                                                     


Affe, é simplesmente perfeita, esta crônica.

 

 

Uma rosa, pra vocês..


 

Beijos em todos, até amanhã.

Sheila




 



- Postado por: sheila às 21h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Bom dia...

Para começar a semana, deixo uma citação  muito inteligente,

que merece um pouco de reflexão...


"Não preciso reviver o sonho e a certeza de que tudo vai mudar.

É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão

 dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos

 nem os desejos de razão.

 O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração,

 pois a vida está nos olhos de quem saber ver"

(Gabriel Garcia Marques)

 

As flores abaixo, deixo para todos vocês com

o desejo de uma semana especial...


 

Beijo em todos

Sheila



- Postado por: sheila às 08h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa tarde...

Talvez esteja falando para as paredes..rs

(provavelmente, ninguém deve vir mais aqui...rs)

Bem...tenho sentido falta deste cantinho...de escrever...

de passar um tempo lendo poemas para compartilhar 

com as pessoas que entram aqui...

Vou tentar retomar o blog

(não sei se conseguirei, pois minha vida mudou demais..affe)

Para começar, vou postar um texto meu que

publiquei no outro Blog Areia Vermelha, para Renam...


Você sente saudades de quê?

Saudade de mim...

Noite passada tive um sonho...

Sonhei que voltava a ter 18 anos, uma idade onde as preocupações,

angústias e dores são constantes mais passageiras.

Sonhei que era novamente uma jovem mulher, no auge da beleza

e encantamento, que despertava olhares de admiração das pessoas.

Quando acordei, fui invadida por uma saudade enorme.

Mais o mais interessante, é que não senti saudade do corpo jovem ,

nem da beleza juvenil que possuía,

senti saudade de algo bem mais profundo e  desconcertante,

senti saudade da pessoa que eu era quando

estava com você naquele tempo...

Senti saudade dos sorrisos espontâneos e constantes que

trocavámos,  senti saudade de ver seus olhos brilhando quando

olhava pra mim. Senti saudade  dos planos que fazíamos enquanto

assistíamos ao pôr do sol, entre beijos e carinhos...

Prometíamos que nunca nos perderíamos um do outro....

Ah..o tempo passa e não percebemos.

 Não nos damos conta de como os dias passados juntos

se transformam em meses, em anos e leva de nós

 muito mais do que a juventude.

O  tempo rouba de nós a capacidade que temos,

quando jovens,de fazer planos para o futuro com

 a genuína certeza de que conseguiremos concretizar...

Hoje quando acordei senti muita saudade.

Senti saudade  de mim...

 (Sheila Guedes)


Deixo estas flores pra você..que por acaso, entrou aqui...rs

Receba, é de coração... e uma frase  que adoro..

*******************

"A vida só se dá pra quem se deu: pra quem amou,

pra quem chorou, pra quem sofreu! "

(Vinicius de Moraes)


Beijo em todos

Sheila



- Postado por: sheila às 16h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noite....

Algo meu,  pra vocês...

Entre os lençois frios, o sonho...

Pernas e braços entrelaçados buscam aconchego

A distância entre os dois corpos é contraditória

Carência e saudade mesclam-se

Se procuram e se encontram

Mãos, boca, saliva

Gemidos... silêncio

Depois de saciados, o vazio

Acordo, um sonho.

(Sheila Guedes)

 

Deixo uma rosa.... um beijo

E o desejo de um ótimo fim de semana...

Sheila



- Postado por: sheila às 21h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noite, gente...

Hoje vim deixar um poema que sempre me emociona...

O mestre Fernando Pessoa, com todo carinho pra vocês...

 

Trago dentro do meu coração,
Como num cofre que se não
pode fechar de cheio,
Todos os lugares onde estive,
Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi através
de janelas ou vigias,
Ou de tombadilhos, sonhando,
E tudo isso, que é tanto, é pouco
para o que eu quero.

Fernando Pessoa - Álvaro de Campos
(Passagem das Horas)
 
 
 
Mais uma jóia rara de Pessoa...
 
 
Silêncio. Deixa-me pesar.
Há um sonho em mim que me prendeu,
Um que começa a começar
Aquém da terra e além do céu.
Deixa-me ser nem teu nem meu.
Deixa-me só não sossegar.
 
(Fernando Pessoa )

 

Beijooooo

Sheila




- Postado por: sheila às 17h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa tarde...

Para recomeçar com meu blog, uma poesia linda de viver, que fala do chamado da felicidade...

Mario Benedetti prá vocês...

Pedrinhas na janela


De vez em quando a alegria
atira pedrinhas em minha janela
quer avisar-me que está lá esperando
mas hoje me sinto calmo
quase diria equânime
vou guardar a angústia em seu esconderijo
e logo estender-me de cara ao teto
que é uma posição galharda e cômoda
para filtrar notícias e acreditar nelas

quem sabe onde ficam minhas próximas pegadas
nem quando minha história vai ser computada
quem sabe que conselhos vou inventar ainda
e que atalho acharei para não segui-los

está certo não brincarei de despejo
não tatuarei a recordação com esquecimentos
muito fica por dizer e calar
e também ficam uvas para encher a boca

está bem me dou por persuadido
que a alegria não atire mais pedrinhas
abrirei a janela
abrirei a janela

(Mario Benedetti)

 

Beijão em todos...

Sheila



- Postado por: sheila às 09h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa noiteeeee...

Oi gente, tô voltando, e agora pra ficar..rs

O Blog trocou de roupa (ficou lindão, né?rs).

A roupa nova foi  presente de uma amiga muitoooooo especial ...rs

Bem, hoje só vim avisar que tô voltandooooo..rs

Deixo uma rosa pra cada um de vocês, com todo carinho....

 

E um beijoooooo...rs

Sheila



- Postado por: sheila às 20h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boa tarde....

Oi gente, não estou de volta (ainda)..rs

Hoje vim só deixar uma foto que tirei, um poema  que ganhei,

uma rosa pra vocês e um beijo...

A foto...

O poema...

Além da terra, além do céu,
No trampolim do sem-fim das estrelas,
No rastro dos astros,
Na magnólia das nebulosas.
 
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração.
Vamos!


(Carlos Drummond de Andrade)

 

A rosa...

E um super beijo...

Sheila



- Postado por: sheila às 14h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________